quarta-feira, 16 de abril de 2008

Pedro, hoje eu sou autora de uma novela mexicana!

Hoje tive um dia daqueles!
As coisas não andam bem, estou com uma dificuldade danada de comunicação, a prova disso é que prefiro mil vezes a internet que o contato físico! Quem me conhece não acreditaria nisso.
A verdade é que sou uma covarde! Não tenho coragem de tomar decisões! Tenho medo de correr riscos verdadeiros. Vivo de mentira!
Hoje meu amigo Pedro blogueiro colocou um post que serviu pra mim como uma luva: nenhuma comida vai suprir meu vazio!
Meu problema não é a comida, não é a gula, e sim a covardia, o medo de buscar o que realmente quero!
A comodidade tomou conta de mim.
Tenho medo de arriscar, acostumei-me com o caos!
Fui dançar hoje, a única coisa que realmente queria ter feito!
Estou cansada, cansada de tudo! Preciso ficar sozinha!
Mas como ficar sozinha se você é mãe???
Tenho medo de enlouquecer de novo. Achei que minha paranóia era só não ser magra... antes fosse...
Acho que no fundo tudo é muito mais fundo (xiii já pirei, rsrsrs)
Só pra constar: não quero ser modelo, quero me senti bem! Não acho que preciso pesar 58,00 pq minha altura é 1,63 ou menos que isso como dizem os "manuais", quero me sentir desejada, quero gostar do que vejo no espelho! Quero parar de me sentir uma ET! E quero parar com essa porcaria de paranóia!
Não consigo fazer uma refeição sem enlouquecer!
Tenho 33 anos, não penso em ter corpinho de artista! Quero ficar bem comigo!

"...Tudo que viceja , também pode agonizar
E perder seu brilho em poucas semanas
E não podemos evitar que a vida
Trabalhe com os seu relógio invisível
Tirando o tempo de tudo que é perecível..."

9 comentários:

Miss Blueberry disse...

Gisele, em primeiro lugar, ri bastante com a sua franqueza do último post, falando da sua cara de "bunda", hahahahaha.

Bom, em segundo lugar, pelo q eu tenho lido dos seus posts nos últimos dias, vc está bastante ansiosa em relação aos seus relacionamentos, às suas perspectivas... Eu acho que vc deveria relaxar um pouco, dar uma esfriada na cabeça, não pensar isso a ferro e fogo como se vc tivesse q resolver todos esses conflitos hoje e agora!

Pense nisso...

Beijos!

Miss Butterfly disse...

Essas divagações e constatações que vc faz neste post, parecem ter sido escritas por mim - até no detalhe de não pode ficar sozinha qdo se tem filho... rs Cheguei a essa conclusão também... O meu problema não é só a obesidade, está bem além e tem a ver com algumas questões mal resolvidas minhas.

Mas há uns poucos meses decidi q tenho q encarar tudo isso de frente. Decidir encarar não quer dizer q eu esteja agindo e mudando tudo da água pro vinho. O processo às vezes é longo, sofrido e requer coragem.

Eu te entendo. Refletir é melhor do q jogar pra baixo do tapete.

Bjos!

Helena disse...

Oi Gisele, obrigada pelo conselho... mas sei bem o que me deixa bonita... até os 23 anos sempre usei 38 e sempre fui feliz com meu corpo... só que agora, ta demais... uma coisa é bem engraçada, nos meus sonhos (dormindo) eu me vejo magra como sempre fui, não sonho com meu corpo como ele tá (maneguim 46) ... é, o fato é que não me aceito assim, sei que não estou saudável porque não me faz bem... e penso que esse sentimento de insatisfação é o que nos move... creio que quando compramos roupas maiores nos conformando com o peso maior e pensar assim pode ser muito errado, porque tu não imagina o trabalho que eu passo por não ter roupas para vestir (é do corpo pra água e da água pro corpo)... uma loucura!!! Beijão pra você!

Srta Maus* disse...

Forçaaaaa aeee amiga!!!!

Caixinha Slim da Ci disse...

Essa fase que vc está passando realmente deve ser barra, mas ontem uma amiga me falou: o que não mata, nos fortalece!
Então, amiga, seja firme, nao desiste não, essa nuvem vai passar, as coisas aos poucos vão se ajeitando, as vezes não com a rapidade que queremos, mas tudo ao seu tempo, e quando isso acontecer, vc vai se sentir muito bem como nunca... vai se sentir poderosa e sem medo. Por isso, não desanime, tente encarar de frente, que estou torcendo por vc!! Bjoss

Tati disse...

oi, todas nós temos essas nóias, tem dias em que quero sumir! Mas ai vejo que não dá!
Mas não deixe a peteca cair não viu? Nunca desista de você. E pode sempre contar comigo aqui**
Beijão.

Taty Carioka® disse...

Gisele querida,
Ataques de piti acontecem...
Temos a mesma altura e a mesma idade.
Não tem neunhm plano impossível.
Uma RA + Exercícios = emagrecmento
Não exija muito de vc!
Relaxe
Também não quero ter corpinho de modelo,não (também não dá)
Vou pra academia...pq tenho que ir senão tudo cai e não tenho dim dim para ir no Ivo Pitanguty não!
hehehe
Respire no saco.
Vc tem maridão e filho...ai,ai,ai
Beijaum

Pedro Bello disse...

Você está no caminho certo, e escolheu bem a dança do ventre, muito sexy e ajuda auto-estima. Estou preocupado como feriadão, vamos fazer uma corrente de força para ninguém jacar rs. Sucesso para nós bjão!

Rosi disse...

Sabe li todos os comentários e fiquei impressionada como nós mulheres preocupamos com a beleza...mas a verdadeira beleza vem de dentro pra fora já vi muitas mulheres bonitas, magras e chatas sem conteúdo e criatividade pra resolver os seus problemas...
Quando acontece isso comigo eu paro tudo e fico na cama quietinha tiro um dia pra mim...isso não mata não,finge que vc tá doente e não pode ir trabalhar...eu sei que a vida é feita de sacrifícios é o que toda a psicologia prega mas ela tem que vim acompanhada de prazer também...então se permita a ficar sozinha pague um motel pra vc e boa curtição...