sábado, 22 de novembro de 2008

Encontrando essa tal de Auto- Estima

Foi uma semana muito corrida.
Muitas coisas pra resolver.
Sem dimdim, afff....
Dentista, marcar consulta, a minha "auxiliar de escritório" me abandonou e pra variar minha internet é uma porcaria.
Consegui fazer algumas visitas e retribuir o carinho das amigas.
Além do problema que tive com meu filho mais velho na escola. Simplismente um garoto invocou com ele. E desde a semana passada vinha agredindo ele. Ele não queria brigar. Até ai tudo bem, ele são da mesma idade eu estava deixando que ele resolvesse sozinho,mas terça o bixo pegou entrou um marginalzinho da cidade de 14 anos no meio e eu tive que intervir. Deu até policia. Todo dia na escola pra buscar o menino, um inferno. A sorte que o marginal desistiu do meu filho, achou que não compensava a briga, viu que era bobagem. Por que se não eu não teria mais sossego. Tudo isso por causa de um despeitado!
Bom mudando de caco pra cavaco.
Como eu tinha dito, eu resolvi que não ia me maltratar mais com pensamentos e atos e estou realmente experimentando sensações maravilhosas, gente essa tal de auto estima é um balsamo pra alma! Sabe, estou me policiando, toda hora que vem aqueles pensamentos que são tão enraizados como "baleia", ou "eu não mereço isso", eu me dou uma chacoalhada.
Não é fácil, é cansativo, é óbvio que muito mais fácil continuar sendo aquela coitadinha mas o prêmio da GOSOTOSONA aqui são muito maiores e eles vão vindo.
Essa semana não eliminei muito, só 500 grs, já ia ficar arrasada, dai me lembrei antes de sair da farmácia e comer tudo que via pela frente que fiquei 5 dias sem meu hormônio e isso atrapalha e muito ( mesmo que não tenha sido isso), vou ser positiva. Passei anos sendo negativa. Me maltratando! Chega.
Ontem descobri uma coisa terrível sobre mim: EU NÃO TENHO UM VESTIDO PRETO BÁSICO, pelo menos que me sirva, gente uma mulher sem um pretinho não é nada! Passei um sufoco pra ir num danado dum coquetel ontem! Semana que vem no pagamento vou ter que providenciar um.
Pra vocês perceberem o tanto que eu estou de bem comigo ontem foi um coquetel de entrega de melhores do ano e eu fui com minha amiga e meu marido estava tocando, meu grande amigo dono de uma conscessionária de carros teve que sair antes da entrega e pediu que eu fosse receber o certificado, e eu fui de boa! Pra quem nem tirava fotos! Tirei umas mil! Sem contar que tive que atravessar o salão do clube lotado.
Sabe, ninguém paga as minhas contas, ninguém mesmo, ninguém me dá nada! Nem amor eu recebo em casa, se eu não me der valor, se eu não me respeitar, não gostar de mim, ninguém vai gostar. Cansei de esperar eu ser mais magra, mais isso mais, aquilo, o tempo é agora! Ontem já foi, amanhã pode não vir!

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

RAÇA, AMOR E PAIXÃO!



O fim de semana não foi muito regrado pois fui em uma festa sábado e as comidas dentres as comidas, algumas não sabia muito bem o que era. Com0 economizei nos pontos a semana inteira deu pra provar um pouco sem que o mundo se acabasse.
Domingo: praia, sol e futebol no Maracanã!
Muito bom, bom demais!

Não comi nada demais, mas fiquei devendo por quê acabei tomando cerveja. Mas não me sinto nem um pouco culpada. Moro na rebimboca da parafuseta e um dia na praia valeu uma cervejinha. E o chocolate ficou por conta do Mengão que enfiou 5 no Palmeiras. MARA!!!!!
Hoje retomando o batidão, academia, comidinha bem regradinha.
Chegou uma esteira super XIC na academia, tem inclinação e tudo. A minha personal judiou de mim, subi um ladeirão hoje, rsrsrs .
E o saldo positivo foi tão bom quanto o do Mengão, eliminei 2 kg em uma semana. Sei que é pq estava parada mas e com o tempo esse rítmo diminui mas fiquei feliz a bessa.
Tenham todas uma ótima semana.
Há, e o Rio de Janeiro continua lindo..........

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Pensando Magro

Por enquanto ando pensando magríssimo.
Não sai da linha nem uma vez e não foi tão difícil.
Academia 3 vezes por semana, a personal é ótima. Vou começar assim. A medida que o corpo acostumar vou aumentando. São mais de duas horas de entre aeróbicos e localizados.
Amanhã me peso e vejo se algum deu algum resultado.
Vou deixar um texto de uma de minhas escritoras favoritas:

INFORMATIVO

Depois de um bom tempo dizendo que eu era a mulher da vida dele, um belo dia eu recebo um e-mail dizendo: 'olha, não dá mais'.
Tá certo que a gente tava quase se matando e que o namoro já tinha acabado mesmo, mas não se termina nenhuma história de amor (e eu ainda o amava muito) com um e-mail, não é mesmo?
Liguei pra tentar conversar e terminar tudo decentemente e ele respondeu: 'mas agora eu to comendo um lanche com amigos'.
Enfim, fiquei pra morrer algumas semanas até que decidi que precisava ser uma mulher melhor para ele. Quem sabe eu ficando mais bonita, mais equilibrada ou mais inteligente, ele não volta pra mim? Foi assim que me matriculei simultaneamente numa academia de ginástica, num centro budista e em um curso de cinema.

Nos meses que se seguiram eu me tornei dos seres mais malhados, calmos, espiritualizados e cinéfilos do planeta. E sabe o que aconteceu? Nada, absolutamente nada, ele continuou não lembrando que eu existia.

Aí achei que isso não podia ficar assim, de jeito nenhum, eu precisava ser ainda melhor pra ele, sim, ele tinha que voltar pra mim de qualquer jeito.

Pra isso, larguei de vez a propaganda, que eu não suportava mais, e resolvi me empenhar na carreira de escritora, participei de vários livros, terminei meu próprio livro, ganhei novas colunas em revistas, quintupliquei o número de leitores do meu site e nada aconteceu.

Mas eu sou taurina com ascendente em áries, lua em gêmeos filha única! Eu não desisto fácil assim de um amor, e então resolvi tinha que ser uma super ultra mulher para ele, só assim ele voltaria pra mim. Foi então que passei 35 dias na Europa, exclusivamente em minha companhia, conhecendo lugares geniais, controlando meu pânico em estar sozinha e longede casa, me tornando mais culta e vivida. Voltei de viagem e tchân, tchân, tchân, tchân: nem sinal de vida.

Comecei um documentário com um grande amigo, aprendi a fazer strip, cortei meu cabelo 145 vezes, aumentei a terapia, li mais uns 30 livros, ajudei os pobres, rezei pra Santo Antonio umas 1.000 vezes, torrei no sol, fiz milhares de cursos de roteiro, astrologia e história, aprendi a nadar, me apaixonei por praia, comprei todas as roupas mais lindas de Paris.

Como última cartada para ser a melhor mulher do planeta, eu resolvi ir morar sozinha.Aluguei um apartamento charmoso, decorei tudo brilhantemente, chamei amigos para a inauguração, servi bom vinho e comidinhas feitas, claro, por mim, que também finalmente aprendi a cozinhar.

Resultado disso tudo: silêncio absoluto.

O tempo passou, eu continuei acordando e indo dormir todos os dias querendo ser mais feliz para ele, mais bonita para ele, mais mulher para ele.

Até que algo sensacional aconteceu. Um belo dia eu acordei tão bonita, tão feliz, tão realizada, tão mulher, que eu acabei me tornando mulher DEMAIS para ele.

Ele quem mesmo???

(Martha Medeiros)

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Desculpem o sumiço e cheia de novidades

Meninas!
Sumi né!
Muitas coisas aconteceram.
Primeiro foi que deu uma tempestada na minha cidade e fiquei uma semana e meia sem internet e eu não estava com saco de ir em lan.
Muitas dificudades com a medicação e o casamento cada vez pior, muita dor, muita mágoa com muito medo, medo do novo, medo da incapacidade de não saber o que fazer, medo do vazio interior...mas isso são outras coisas....
Minha vida pra variar anda de pernas pro ar.
O bom é que tenho um monte de novidades.
Chega uma hora em que você ou se assume ou toma um atitude. Eu tomei uma atitude e parei de resmungar.
Estava no Café quando minha amiga disse uma frase que mexeu comigo: " Não adianta você emagrecer, ficar "linda" se com você não souber e não quizer lidar com isso". Fiquei matutando, realmente quando estamos bem com nós mesmo não podemos ser as coitadinhas e temos que partir pra ação, fazer a fila andar. Talvez seja isso que me faça ficar andando em círculos.
Minha antiga terapeuta sempre me perguntava qual a recompensa que eu tirava de determinadas ações e eu não entendia muito bem e hoje eu compreendo. Acho que muitas vezes gosto de me sentir a " coitadinha" pra chamar atenção, pra ter carinho. Só que agora decidi que vou chamar atenção sendo a GOSTOSONA!!!!
Essa mesma amiga me deu uma revista Veja com uma artigo ótimo sobre um livro que pretendo comprar chama-se Pense Magro, tem me ajudado demais. Vale a pena ler o artigo. (Só clicar no link ali, depois de terminar de ler e comentar, tá!)

Entrei na academia! ALeluia rsrsrsrs e pretendo voltar a dançar que é minha grande paixão.
Estou fazendo a dieta dos pontos. Sábado passado me pesei e estava pesando 81,90, nunca pensei que chegaria a esse ponto. Fiquei arrasada. Mas chorar não emagrece e sim muita esteira, muito jump e pouca caloria.
Refleti e vi que várias vezes no dia olhava no espelho e pensava: "odeio meu corpo", como ia cuidar de uma coisa que odeio???
Odeio nada!
EU AMO MEU CORPO!
SOU LINDA, LOIRA E GOSTOSONA! HÁ, E A MODÉSTIA EU VOU ESQUECER DELA POR UM TEMPO
, tenham paciência comigo amigas, rsrsrsrs

domingo, 26 de outubro de 2008

Amadas,
Minha internet anda uma porcaria. Faz dois dias que tenho fazer visitas e postagens e não consigo.
Estou tomando remédios há uma semana e o médico me disse que dois deles vão ajudar a controlar a fome e que é pra mim não ficar preocupada e malhar que vai ajudar muito.
A medicação é horrível e me deiaxa maus, mas sei que logo estabiliza.
Estou procurando casa pra alugar em meio ao caos, afff ninguém merece fazer mudança.
Tenho enfrentado minhas neuras e ido ao clube. Tomar um sol e nadar me faz bem.
Vou procurar uma nutricionista e fazer mudanças na minha dieta pois preciso cuidar muito bem do meu fígado e rins por conta da medicação. Então vou previnir e já aproveitar pra comer melhor.
Se minha internet deixar vou colocar minhas visistas em ordem só que agora vou pro clube que aqui tá um sol de fritar ovo na calçada.
Beijocasssssssss

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Solidão

Fui ao médico hoje e o diagnóstico foi pesado.
Preciso fazer um tratamento intenso e sério.
Não estou morrendo mas preciso muito desse tratamento.
Infelizmente ele já me disse que os medicamentos engordam. Pra variar todo problema que tenho aumento o peso. Afff!!!!!!!!
Mas o pior de tudo é não ter com que contar. Absolutamente ninguém.
Senti uma dor, um vazio hoje quando percebi. Uma dor diferente da depressão que é meio sem pé nem cabeça.
Uma dor real, profunda.
Sempre fui controladora (uma doênça eu sei) e vi que não posso controlar tudo, nem mesmo minha vida.
Estou só e ponto. Vou ter que enfrentar sozinha. Vou enfrentar.
Porém estou muito triste, muito triste mesmo.
Sinto falta da minha mãe que já se foi, sinto falta de um colo, de alguém pra poder chorar.
Não sou uma coitada, muito pelo contrário sei que sou uma guerreira mas acho que até mesmo as heroínas uma hora se sentem só.

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Saco cheio de TV!!!!!!!

Pelo amor de Deus com a televisão gente! Ninguém merece!
Esse caso da Eloá é um absurdo, triste demais mas, a porcaria da imprensa não dá um tempo!
Cada hora eles arrumam um pra ficar nos socando guela baixo. O caso Nardoni, agora essa menina.
Foi horrível mesmo mas toda hora um idiota mal amado mata a ex mulher, ou os filhos, ou a família inteira por que se separou. Por que a TV não trabalha mais esse machismo? Ao invés de esperar tragédias para nos torturar junto com as pobres famílias?
Esses dias estava em uma roda de mulheres quando uma delas disse que amava ser "Mulher" e que jamais queria ser homem. Eu pensei: há é lindo mesmo, gerar filhos! Gente no fim é a uma das únicas vantagens que temos sobre os homens. Na grande maioria das vezes trabalhamos mais e ganhamos menos, somos inferiozadas pela força, tachadas de inferiores intelectualmente, se nos separamos ficamos somente com os problemas pois a grande parte vai pra eles.
Quantos casos de ex- mulheres ou ex- namoradas vocês ouviram falar que mataram, sequestraram o ex pq levou um pé na bunda? Raros!!!!!!!!!
O máximo que conseguimos é fazermos cenas, chatagens emocionais, azucrinar nossos pobres filhos falando da atual namorada do pai( que normalmente é 30 anos mais novas que a gente e eles).
Quantos pais abandonam seus filhos com as mães diariamente? Se é a mãe que deixa o filho com o pai ( que colaborou pra criança ser "feita") até mesmo nós mulheres as criticamos. Somos muito mais exigidas, temos que dar conta de tudo.
Aquela personagem da Lilia Cabral na novela das 8, mesmo com a reviravolta dela trabalhar ela continua vivendo um papel subjugada pelo homem. Duas jornadas de trabalho e "justificando" que o marido não tem que reclamar pq tem comida na mesa e roupa limpa. Ora bolas, vai plantar batatas!!! Pq raios dividimos despesas e eles não "podem" dividir tarefas???
Sei que tem muito cara que já entendeu a parada e ajuda em casa mas, são visto como "caras legais"! Cara legais uma ova! Simplismente fazem o que tem que ser feito. Elogio pelo óbvio.
Não prego igualdade de sexos, primeiro pq acho utopia, segundo pq somos diferentes, pensamos e agimos de formas diferentes. O que desejava era que parasse essa baboseira de "direito das mulheres", "delegacia da mulher", "dia da mulher", pq pra mim enquanto isso for nescessário é pq estamos anos luz atrás dos homens na escala de direitos.
A violência contra mulher está ai, todo hora nas ruas, na tv, em casa. Não só a física mas a emocional, a cultural. Somos torturadas pra sermos magras como modelos, pra sermos super mães, mega esposas e ainda estarmos por dentro de tudo. Estamos agora com "prazo de validade: Há, ela tem 30??? velha demais e o cretino deve ter uns 60!!!!!!!
Fico puta de raiva quando uma mulher se separa e escuta as próprias amigas falarem: "ele era bom, não batia nela, punha tudo dentro de casa", pelo amor de Deus!
Somos mais que isso! Somos seres com potencial, somos sensíveis, somos capazes de gerar uma vida dentro de nós e de nos transformar totalmente pra receber essa vida. Amamos com intensidade e honestidade e não precisamos de um homem estilo Brad Pitt pra nos fazer feliz, somente um cara que nos entenda, nos respeite como merececemos.
Sei que meu desabafo é pesado, cheio de mágoa. Mas cansei de hipocrisia. Ontem no jogo do Flamengo e Vasco os jogadores entram com faixas contra a violência contra as mulheres, me poupem.
Não pensem que não gosto de homens, gosto sim! Aliás a culpa da nossa sociedade ser assim não é só deles, é de todos nós e vem de milênios pra cá.
Tenho dois filhos e quero que eles saibam o valor de uma mulher.
Chega de violência contra mulheres, não só a física, a violência moral, sexual, emocional!

sábado, 18 de outubro de 2008

Fiquei sem internet e mesmo com ela era impossível de postar com o calor que estava fazendo.
Até criei coragem e levei os meus filhos pro clube.
Foi muito dificil colocar biquini nas frente dos outros, achei que ia ter uma crise de síndrome do pãnico.
Por fim relaxei e aproveitei um pouco.
Anda difícil comer coisas saudáveis, estou zerada de grana e meu marido não se importa com o que come.
Mas estou aos poucos me movimentando, estou saindo do marasmo.

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Eu já sabia!

Meu dia estava ótimo, cheio de planos, RA a toda e até me preparando pra exercitar. Tomei um pouco de sol.
Tinha dentista marcado e chegando no centro da cidade tive mais uma decpção com uma pessoa próxima. Que droga! Não é nenhuma novidade, já esperava por essa, mas mesmo assim fiquei muito chateada.
Sou uma pessoa que não gosto de passar por cima das coisas, gosto de resolver tudo o mais rápido possível. Infelizmente no momento não tenho muito o que fazer. Vou entregar nas mãos de Deus, não vou estragar minha RA. Apesar de muito aborrecida vou seguir o planejamento do meu dia.

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Me analisando

Andei muito pra baixo, com vontade de me esconder do mundo.
Hoje fui a terapia e chorei, chorei, até quase desidratar (exagerada...) e desabafei.
Chega-se um ponto na vida que precisamos encarar nossas fraquezas, nossos medos e eu realmente cheguei nesse ponto.

Ou eu encaro e busco uma cura, um tratamento ou deixo a "doênça" me destruir.
Sou uma pessoa dependente, dependente afetiva, e em um grau muito elevado.
Tenho uma nescessidade exacerbada de me sentir aceita, amada. Sei que muitos vão achar que isso é normal, que no fundo todos queremos se amados.
Eu vou além da conta. Já desejei ficar doente, a tal ponto que tive um cãncer para me sentir amada e cuidada. Dancei! Ninguém me amou mais ou cuidou de mim.
Tenho percebido em minhas falas, atos e até mesmo aqui nesse canto o quanto quero me sentir aceita. Vivo pedindo desculpas por ser eu mesma.
Estou sempre tentando se aceita quando eu mesma não me aceito.

  • odeio meu corpo
  • vivo tentando mudar meu jeito de falar: falo alto e muito
  • vivo tentando meu jeito espontãneo e livre de ser e falar, o que ocasionou uma prisão, prisão essa que eu criei e não sei mais como sair
O que eu gosto de fazer? Quais são as pessoas que realmente gosto?
Por que me trato tão mal?
Preciso me encontrar, preciso dar carinho e amor pra minha criança interior que foi abandonada e maltratada e só assim conseguir ser uma mulher inteira.Olha eu com 3 aninhos

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Mulheres Possíveis

Deixo aqui um texto de uma das minhas escritoras favoristas, a gaúcha Martha Medeiros, espero que se deliciem como eu...
MULHERES POSSÍVEIS..
Texto na Revista do Jornal O Globo


'Eu não sirvo de exemplo para nada, mas, se você quer saber se isso é possível, me ofereço como piloto de testes.
Sou a Miss Imperfeita, muito prazer.
Uma imperfeita que faz tudo o que precisa fazer, como boa profissional, mãe e mulher que também sou: trabalho todos os dias, ganho minha grana, vou ao supermercado três vezes por semana, decido o cardápio das refeições, levo os filhos no colégio e busco, almoço com eles, estudo com eles, telefono para minha mãe todas as noites, procuro minhas amigas, namoro, viajo, vou ao cinema, pago minhas contas, respondo a toneladas de e-mails, faço revisões no dentista, mamografia, caminho meia hora diariamente, compro flores para casa, providencio os consertos domésticos, participo de eventos e reuniões ligados à minha profissão e ainda faço escova toda semana - e as unhas!
E, entre uma coisa e outra, leio livros.
Portanto, sou ocupada, mas não uma workaholic.
Por mais disciplinada e responsável que eu seja, aprendi duas coisinhas que operam milagres.
Primeiro: a dizer NÃO.
Segundo: a não sentir um pingo de culpa por dizer NÃO.
Culpa por nada, aliás.
Existe a Coca Zero, o Fome Zero, o Recruta Zero.
Pois inclua na sua lista a Culpa Zero.
Quando você nasceu, nenhum profeta adentrou a sala da maternidade e lhe apontou o dedo dizendo que a partir daquele momento você seria modelo para os outros.Seu pai e sua mãe, acredite, não tiveram essa expectativa: tudo o que desejaram é que você não chorasse muito durante as madrugadas e mamasse direitinho.
Você não é Nossa Senhora.
Você é, humildemente, uma mulher.
E, se não aprender a delegar, a priorizar e a se divertir, bye-bye vida interessante.
Porque vida interessante não é ter a agenda lotada, não é ser sempre politicamente correta, não é topar qualquer projeto por dinheiro, não é atender a todos e criar para si a falsa impressão de ser indispensável.
É ter tempo.
Tempo para fazer nada.
Tempo para fazer tudo.
Tempo para dançar sozinha na sala.
Tempo para bisbilhotar uma loja de discos.
Tempo para sumir dois dias com seu amor.
Três dias.
Cinco dias!
Tempo para uma massagem.
Tempo para ver a novela.
Tempo para receber aquela sua amiga que é consultora de produtos de beleza.
Tempo para fazer um trabalho voluntário.
Tempo para procurar um abajur novo para seu quarto.
Tempo para conhecer outras pessoas.
Voltar a estudar.
Para engravidar.
Tempo para escrever um livro que você nem sabe se um dia será editado.
Tempo, principalmente, para descobrir que você pode ser perfeitamente organizada e profissional sem deixar de existir.
Porque nossa existência não é contabilizada por um relógio de ponto ou pela quantidade de memorandos virtuais que atolam nossa caixa postal.
Existir, a que será que se destina?
Destina-se a ter o tempo a favor, e não contra.
A mulher moderna anda muito antiga. Acredita que, se não for super, se não for mega,se não for uma executiva ISO 9000, não será bem avaliada.
Está tentando provar não-sei-o-quê para não-sei-quem.
Precisa respeitar o mosaico de si mesma, privilegiar cada pedacinho de si.
Se o trabalho é um pedação de sua vida, ótimo!
Nada é mais elegante, charmoso e inteligente do que ser independente.
Mulher que se sustenta fica muito mais sexy e muito mais livre para ir e vir.
Desde que lembre de separar alguns bons momentos da semana para usufruir essa independência, senão é escravidão, a mesma que nos mantinha trancafiadas em casa, espiando a vida pela janela.
Desacelerar tem um custo.
Talvez seja preciso esquecer a bolsa Prada, o hotel decorado pelo Philippe Starck e o batom da M.A.C.
Mas, se você precisa vender a alma ao diabo para ter tudo isso, francamente, estáprecisando rever seus valores. E descobrir que uma bolsa de palha, uma pousadinha rústica à beira-mar e o rosto lavado (ok, esqueça o rosto lavado) podem ser prazeres cinco estrelas e nos dar uma nova perspectiva sobre o que é, afinal, uma vida interessante'.

Martha Medeiros - Jornalista e escritora

domingo, 12 de outubro de 2008

Feliz dias da "MÂE" e dos filhos

Não sei não enviei minha última postagem.
Gostaria de falar muitas coisas aqui mas realmente não consigo.
Estou de coração apertado.
Vou pedir a "NOSSA MÃE, NOSSA SENHORA" que abençõe todas nós e não deixe morrer a CRIANÇA que existe dentro de cada um.
Um Feliz dia das Crianças pra todas e que Nossa Senhora proteja vocês e toda sua família!

RecadoPOP.com - Recados e Imagens para Orkut

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Mudança

Hoje fiquei muito constrangida. Meu filho acorda e pula pra minha cama e hoje na hora em que acordamos ele disse:_ Que bom mãe que hoje você está alegre!
Me senti um lixo de pessoa. Meu humor anda variando. Sei que isso vem do meu problema mas não queria nunca atingir ele.
Não sei mais o que fazer, estou fazendo terapia, tomando medicação pro disturbio e ainda sim estou atingindo a pessoa que mais amo.
Tenho rezado muito, pedido ao Senhor que me cure, que não me deixe prejudicar as crianças e nem a mim mesma. É tão difícil!!!!
Bom chega de xororo e vamos as boas notícias.
Vou me mudar de casa, sei que mudança é um saco mas a casa é ótima. Tem uma piscina grande que vai ser excelente pros meu exercicios. É super aconchegante. Eu e os meninos estamos super felizes com a mudança. Tem uma quadra bem em frente e eles amam jogar futebol. É perto do clube que somos sócios, perto da escola do João (meu caçula). Tomara que dê tudo certo. Confesso que estou com medo pois, morem a maior parte da minha vida no mesmo bairro. Preciso parar de ter tanto medo de mudanças.
E na RA não ando lá essas coisas por conta da depressão mas já estou mais animada e vou fazer tudo direito.
Agradeço as amigas que me entendem e tem paciência com a choradeira, prometo que isso vai passar! Beijossssss

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Depois de meses tive coragem de pesar, afff 79,30 kg!
Nunca pensei que chegaria a tanto. Nem grávida pesei isso.
Estou tão murchinha...
Não ando conseguindo me alimentar direito. Estou sem vontade de nada.
Eu devo estar um saco, né?
Mas acho que aqui é meu espaço, aonde posso ser eu mesma. Já não chega ter que ser "legal" e pra cima com todo mundo.
Sei que vou melhorar, no meu tempo vou melhorar.

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Entrando na " red zone"

As eleições se foram e agora vai ficar mais fácil seguir uma rotina.
Meu candidato infelizmente não ganhou. Agora é bola pra frente.
Amanhã tenho consulta médica e dentista na quinta. Cuidar da sáude!!!
Ando sentindo um grande vazio, algo está faltando na minha vida. Ontem tive um ataque de "boca nervosa" comi um monte de besteira, exagerei mesmo. Preciso refletir e muito. Eu tenho certeza que poderia ter controlado mas, sinto que não quiz.
Hoje estou irritada, qualquer coisa me tira do sério. Certo que estou entrando na TPM mas quero me manter lúcida.
Meu pé ainda está inchado o que vai me impedir de exercitar. Sei que se fizesse um exercício eu ia ficar bem mais calma. Paciência, né!
E continuo assim, um dia de cada vez desejando a vocês uma ótima semana!

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Snif, torci o tornozelo de novo!

Gente sem noção!!!
Torci o tornozelo de novo!
Acho que foi olho gordo, rsrs Estava eu linda e loira saindo do salão ontem e deu-se a tragédia: virei o pé e estou de castigo na cama.
Vou ter que ficar quietinha uns 5 dias pelo menos.
Minha alimentação hoje não foi lá essas coisas, estou sem nada legal em casa e hoje nem dá pra ir no supermercado. Sem exageros mas de baixa qualidade.
Se Deus quizer vou ficar boa logo pois quero muito voltar a academia.
Ontem vi em um programa que se subirmos 3 lances de escada equivale a 10 minutos de caminhada. Mulherada deixem os elevadores e dalhe subir as escadas.... pra mim é fácil falar moro em casa né, rsrsrs
Um grande beijo e um ótimo fim de semana.

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Caminhando

Oi meninas!
Está chuvendo muito aqui na terrinha e pra minha alegria chove mais dentro de casa que lá fora!
Há uns 15 dias atrás houve uma ventania e voaram telhas e a água está infiltrando na lage e meu marido está trabalhando 24 horas. Já chamei 3 pessoas diferente pra olhar e nenhum filho de Deus quer trabalhar, affff se eu não fosse tão estabanada eu mesma subia pra dar uma olhada mas uma coisa que não preciso é estabacar no chão!
Ontem foi um bom começo.
Me mantive dentro dos pontos. Ainda não pratiquei um exercício efetivo, ia caminhar mas com a chuva não deu.
Fiz minha sombrancelha e hoje vou pintar os loiros que ontem tinha terapia e não deu tempo.
Fui dormir com um pouco de fome mas nada mutio forte.
Estou tomando uns complementos pra ajudar na eliminação do excesso de peso. Não estou tomando anti-depressivo. Vou esperar até a consulta com um outro médico que está marcada pro dia 21, até lá vou levar do jeito que dá.
Estou tomando um complemento natural que dizem que ajuda 5HTP (5 hidroxitriptofano).
Ainda estou muito lonje de me sentir "bem" mas sei que estou no caminho e a tendencia é melhorar.
Hoje sei que vai ser melhor que ontem.

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

O 1 º dia do resto da minha vida

Hoje começo a colocar em prática meus progetos.
O 1 º é eliminar uns 4 kg até o fim do mês, que vai ser fácil, o começo sempre dá pra eliminar bastante. Vou buscar meus remédinhos e fazer uma comprinha light. Estou precisando de frutas e verduras.
2º dar uma melhorada no meu visual: pintar os loiros e dar um retoque no visu geral.
3º Me exercitar! Nem que seja a velha e boa caminhada. Estou dormindo muito mal e tenho certeza que os exercicios vão me ajudar.
4º Não me entupir de calmantes. Já faz uns 10 dias que não tomo. Mas vou começar a marcar a partir de hoje.

Mais tarde passo pra contar como foi o dia. Um grande beijo!

terça-feira, 30 de setembro de 2008

Mudanças, falta de cuidados, medos e resgate

Tenho estado num ponto tão baixo que não tenho ãnimo nem pra tomar banho. Tomo por pura obrigação. A raíz dos meus cabelos está horrível. Faz mais de duas semanas que não faço unha nem sombrancelha. Nada de depilação. Parece exagero? Mas é a pura verdade, esse é o retrato da minha auto-estima.
Mesmo com tudo isso acho que tem um grande ponto positivo: "ANTES EU SÓ VIA QUE AS COISAS ESTAVAM ASSIM QUANDO ALGUÉM ME DIZIA". Hoje sou capaz de ver, quando estou indo pro buraco.
Estou passando por mudanças internas muito fortes que vão ser decisivas em minha vida.
Quando olhei no espelho ontem me senti tão triste, mas ao invés de chorar um rio de lágrimas e me enfiar na cama eu resolvi agir. Mandei manipular alguns remédios pra ajudar no combate ao peso e a ansiedade, tudo muito natural que o meu endócrino já tinha receitado. Comprei uma bolsa nova, linda! E recebendo amanhã vou comprar tinta pros loiros, fazer unhas, sombrancelha, enfim dar um tapa na peteca geral.
Não estou no melhor dos meus dias mas, sei que isso faz parte de um momento e que vai passar.
O mais louco de tudo é que estou sentindo uma paz estranha, algo que nunca senti. Uma paz interior que está começando a tomar conta de mim. Isso me parece louco e irreal, sou uma pessoa totalmente agitada. Mas estou gostando. Não quero me sentir eufórica. Quero um pouco de paz.
Andei perdendo minha fé, mas estou aos poucos a reencontrando. Voltei a ir na missa (coisa que não fazia a séculos) e estou rezando mais.
Estou fazendo uma lista pra organizar um cardápio. Como sou muito anciosa meu endócrino recomendou que eu deixasse minhas refeições mais ou menos planejadas. Enfim estou me organizando.
Agradeço o apoio das amigas, suas palavras aquecem meu coração.

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Altos e baixos

Quarta-feira
O fim de semana foi longo.
Feriado prolongado, aniversário da cidade.
Não fiz nada direito. Mas andei pra caramba. Subi e desci morro.
Hoje voltei a tomar o anti depressivo. Não ando nada bem.
Ontem tirei uma foto com o Chitãozinho e Xororó e me deu vontade de morrer. Estou horrorosaaaaaaaaaaaaaa!

Quinta-feira
Fui na terapia e minhas psicóloga sugeriu que eu procurasse o psquiatra. Ela acha que posso sofrer de transtorno bibolar. Vou ter que tomar remédios.
Eu já imaginava algo do tipo, faz tempo...
Preciso agora é criar coragem.
Não aguento mais viver nessa roda viva. Sei que todo mundo tem seus altos e baixos, porém os meus andam exarcerbados e quanto estou em baixa está ficando perigoso.
Quero ficar bem, em paz comigo.
Ando prisioneira dos meus sentimentos.
Não quero desistir de mim!
Vou atrás de um médico na minha cidade, porém se eu não gostar dele vou procurar em outras cidades. Não quero me atirar de cabeça sem antes confiar bem.
Enquanto isso estou controlando minha boca nervosa e tentando não ficar na cama o dia todo.
Vou fazendo as minhas visitinhas aos poucos.

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Is now our never!

Gente!!!!!
SOCORRO! Nada das minhas roupas estão me servindo. Estou uma URSA gigante.
Eu fico nessa ladainha de amanha, amanha eu começo e se continuar assim, dai nem cirurgia vai resolver!
Hoje decididamente é a hora. Estou indo agora pra academia. Vou fazer alguma coisa e me movimentar.
Eu odeio ser gorda! Não adianta. Minha vida só fica melhor se estou magra. Não me acostumo olhar no espelho.
Ando de briguenta, arredia, e a depressão tá chegando de mansinho. Não vou cair nessa de novo.
Chorar não emagrece! Reclamar não faz a barriga desaparecer!
Atitude! Eu preciso de atitude!
Me perdoem estar atrazadas com as visitas, estou trabalhando com a política e meu tempo anda bem reduzido.
Beijos e prometo que ainda hj coloco tudo em dia com vcs!

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Tocando em frente

O fim de semana foi danado. Não parei um segundo.
Fazia tempo que não saia tanto.
Ontem fui em um churrasco na roça, conheci uma família maravilhosa! A senhora tem 14 filhos! Uma vitalidade, um brilho no olhar de dar inveja.
Fui muito bem recebida. Passei uma tarde maravilhosa. Não comi quase nada mas, claro que tomei cerveja. Oh danada, sempre ela.
Exagerei!
Mas realmente estava feliz, cercada de pessoas boas. Me sentindo bem e novamente sem a minha paranóia com o meu corpo.
Onte assisti pela milhonésima vez o Diário de Brigdt Jones 1 e 2. Nem sei porque faço isso. Esse filme me deprime. Primeiro porque não acredito mais no amor. Não do jeito que eles mostram nos filmes. E fico "puta da vida" ( me perdoem o palavrão mas nada exprimiria melhor minha indignação) porque o filme tem uma verdade que me dói: somos fadadas a sermos medidas pelo que pesamos nas balanças. Eu me identifico muito com aquela maluca porém não sou tão alienada quanto ela.
Para as minhas amigas que me disseram que tem medo de bicicleta eu digo que é uma pena!
Eu adoro!!!!!
Aliás sou motociclista. E olha que já me arrebentei tanto de moto quanto de bicicleta. E continuo amando a sensação de liberdade que elas me dão.
Amanhã tenho um batalhão de exames pra fazer. Estou com um pouco de medo dos resultados.
Sei que tem algo errado, espero que seja só a dosagem de hormônios que esteja errada. Bom, não vou ser também uma perua de natal e morrer de véspera.
Vou me abster de cerveja e bebidas alcóolicas por um longo período pois preciso tomar uma medicação que não pode ser administrada com alcool. Isso vai ajudar bastante. Oh duro é que tenho uma vida social danada de agitada. Mas quero dar aquela afinada pro verão.
Eu não consigo ser feliz me sentindo uma leitoa. E é assim que ando me sentindo. Ao invés de chorar é correr atrás do prejuízo, literalmente, rsrsr
Uma ótima semana!

Madrinha ALE não consigo entrar no seu blog através dos seus comentários.

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Escalando o poço

A vida é feita de escolhas. Eu fiz uma escolha. Escolhi a mim!
Eu vou aprender nem que seja na marra a me amar!
Hoje vou mandar manipular uns remédinhos pra ajudar na RA, alguns suplementos narutais que eu já tomei e que dão uma baita força. Tipo Quitosana, Caralluma, etc.
Vou comprar mais chás, ganhei uma caixinha linda e ela ainda tá vazia...só dois tipos. E comprar chá verde que o meu acabou. Só que não posso tomar chá verde depois das 17:00 fico mais louca que o Batman e não durmo! Uma loucura. Então a noite tenho que optar por cházinhos calmantes.
Estou cantando meu marido pra me dar uma Bike, to igual a uma propaganda da Calói ( as mais velhas vão se lembrar) "não esqueça minha calói". Ele é meio canguinha mas, eu usei um ótimo argumento pra ele: se vc me der a Bike eu vou parar de usar o carro e a consequentemente a gasolina vai ficar no tanque, rsrsrsrs
Só não comprei eu mesma que to bem apertada de grana e marido tb se quer ter uma mulher sarada tem que ajudar né, não?rsrs
Graças a Deus já estou conseguindo escalar o poço e meu humor está melhorando e me sinto mais confiante.
Ainda não vou entrar na academia mas estou me exercitando em casa e dando pequenas caminhadas. Preciso entrar nos eixos com os exercícios. Adoro malhar mas, ainda ando sem querer me relacionar o que dificulta a ida a academia. Um passo de cada vez, não vou me torturar.

Agradeço a vocês as mensagens para a minha amiga. Graças a Deus a danada é ninja e mesmo batendo quase que totalmente de frente com um caminhão já tá em casa e se recuperando super bem. Muito otimista e bem humorada o que é melhor ainda.
Vou lá que tenho que colocar umas roupinhas na máquina (lerê lerê) e ir fazer uma visitinha.
Beijocasssssss

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Desabafando!!!!!!!!!!!


Fico pensando em quanto quero um corpo magro, o quanto eu acho que isso é tão importante pra tomar tanto tempo da minha vida. Tenho muita coisa pra resolver intimamente.
Muitas vezes nos medimos e nos damos valor de acordo com que o "outro" nos valoriza.
Distorcemos, supervalorizamos o que os "outros" pensam ou deixam de pensar de nós. Sei que muita gente é bem resolvida e pouco se importa com que vão achar. Mas honestamente conheço poucas se não raras pessoas que querem realmente emagrecer somente por causa da saúde. Existe um culto, quase que uma busca do Santo Graal do Corpo Magro. Poucas pessoas que estão acima do peso são tão bem resolvidas a ponto de ignorar piadinhas, olhares enviesados, vendedoras que "não entendem" por que ainda queremos comprar uma roupa nova.
Posso até estar sendo muito radical, mas, essa é minha visão do mundo. O mundo é melhor pra quem é esteticamente aceitável, leia-se magro! Parece hoje que se estamos acima do peso estamos cometendo um crime grave.
Com esse pânico geral instalado passamos a maior parte do tempo brigando com a genética, com as emoções, e por conseqüência levamos uma vida tensa, cheia de frustrações e medos.
É muito fácil pra uma pessoa que não tem esses problemas nos dizer que é só ter força de vontade que emagrecemos. Eu tenho vontade de pular na jugular de quem fala isso!
Quantas vezes malhamos de segunda a segunda, comemos direitinho, no entupimos de água até achar que vamos afogar e a Dona Balança nada! Insiste em não se mover nenhum tracinho!
Por isso entendo que muita gente começa com a maior garra e por fim se enfurece e joga tudo pro alto.
O mundo é oral, tudo gira em torno de comida e prazer. Cresci com minha mãe dizendo que eu tinha que comer pra ficar forte, que eu era magrela, que ia ficar doente. Quando peguei gosto pela comida o inferno começou de novo: você está engordando! Olha o tamanho da sua barriga! Que homem vai querer uma baleia.

Assisti um vídeo da Ana Maria Braga hoje e fiquei chocada!O vídeo é um depoimento de uma menina que emagrece depois que o marido não acreditou que ela tinha sido paquerada. Depois vem os hipócritas me dizerem que o que vale é o interior!!! Me poupe! ASSISTAM!

O pior é que casamos, namoras e os homens na grande maiorias não tem a metade da beleza que nós temos pois gordas ou magras somos seres belos, a mulher em si é beleza!

Minha saúde é importante? Claro que é! Eu tive um cãncer por causa de um tratamento indicado pelo médico pra emagrecer!!!!!!! Eu quero saúde sim, quero viver e viver bem. Mas vou ser honesta pra vocês se um gênio me concedesse um único desejo com certeza eu pediria um corpo lindo! Sem pestanejar. Não pense que sou fútil, muito pelo contrário sou engajada, politizada, uma leitora assidua. Mas não quero me sentir rejeitada.

Muita piração? CONCORDO! Me atire a 1ª pedra quem nunca se sentiu assim.

Queria sim me amar, querer emagrecer por mim mesma, pra fazer as pazes com o espelho. Pra me sentir saúdavel mas não estaria sendo honesta comigo e nem com vocês. Sei que preciso mudar muitos conceitos, mas, hoje eu penso assim.

Não falo mais loucuras pra emagrecer, não tomo remédios milagrosos nem faço dietas mirabulosas.

Sei que consigo, sei que vou eliminar muitos quilos, sei que nunca vou ter o corpo de uma modelo. Mas sei que infelizmente vai precisar muito mais que força de vontade pura e simples. É preciso fé, determinação, coragem pra mudar conceitos, claro que muita força de vontade e principalmente garra pra não desistir na 1ª derrota pra Dona Balança!

Perdoem o blá, blá, mas é bom jogar o veneno fora, rsrsrs

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Sai desse corpo!

Oi amadas!

Gente tive uma noite difícil. Não consegui relaxar. Dormi tarde e acordei cedo de novo. Estou com a cabeça muito cheia.
Ontem acabei jacando na janta. Fui convidade pra jantar numa cantina Italiana, affiiii isso que eu chamo de jaca.
Não consegui caminhar uma hora, só deu tempo ontem pra meia. Preciso reorganizar meu tempo. Estamos em campanha política e estou ajudando um amigo muito querido. O tempo tá curto e ainda tem meu filho que não preciso monitorar todos os passos dele na escola. Mas sei que vou me ajeitar, sempre me ajeito!

Gostaria hoje de falar de auto imagem. Gente não é de hoje que me sinto uma estranha dentro do meu corpo. Parece que divido mina alma e meu corpo. Eles não são um só. Coisa de gente maluca, talvez! Mas me sinto assim. Sei que sou uma mulher inteligente, espirituosa ( e modesta, rsrsrsrs) mas odeio meu corpo. Eu ando tão paranóica com isso que mal consigo olhar no espelho. Vocês não tem idéia de quanto eu fico tensa quando alguém vem com uma camera fotográfica pro meu lado. O pior é que agora todo mundo anda com uma bendita a tira colo!!!
Pode parecer que é pq estou muito acima do peso mas, vai mais além. Acho que idealizei um corpo que nunca vou poder ter. Um corpo inatingível e acho que inconscientemente estou vendo que jamais serei assim. Eu amo dança do ventre por exemplo mas só de pensar em ir pra academia dançar na frente das pessoas eu tenho uma crise de pãnico, me falta o ar. Eu adorava me produzir, sempre fui uma pessoa que gostava de aparecer. Gente estou virando um bixo do mato!!! Quase um tatu! Nunca fui tão insegura. Sinto que fui abduzida e colocada nesse corpo gordo e feio.
Sexo não gosto nem de ouvir falar! Sem contatos. Agora vocês imaginem o que isso tem de impacto no meu relacionamento que já não é muito fácil.
Acho que só vou conseguir seguir uma RA, exercícios quando trabalhar bem minha cabeça.
Sei que reconhecer um problema é o 1º passo pra resolver.
Puxa vida, que pessoa complicada eu sou!!! Haja terapia!

Vi ontem em uma banca de revista um DVD de Yoga acho que vou comprar pra tentar fazer, dizem que dá uma consciência corporal grande e acalma.

Quanto a minha amiga ela está bastante machucada, vai levar um tempinho pra ela ficar 100% mas tenho fé que tudo vai ficar bem.

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Orando

Hoje acordei com uma notícia triste, minha grande amiga bateu o carro quase que de frente com um caminhão, graças a Deus ela está viva, bastante machucada mas não corre riso de morte. Um baita susto! Então nessas horas acho bom lembrar de agradecer a Deus. Andava tão descrente, acho que o susto valeu.
Vou orar muito e agradecer por tudo de bom que minha vida tem e principalmente por não ter levado uma pessoa que é tão especial pra mim!

Ontem a tarde ainda teve uma comemoração surpresa pra mim, minhas amigas do café que frequento fizeram um bolo de chocolate e cantaram parabéns! Advinhem qual foi o pedido ao apagar a velinha???? Até uma heresia já que o bolo divino era de chocolate...affi.

Eu, minha vida João Pedro e minha amiga Carina que tb ta na guerra da balança

Magda, Rose e Cris e o 1º pedaço do bolo



Hoje estou meio preocupada pq acho almocei mal, comi depressa e passei um pouco da conta por causa da ansiedade. Vou descontar os pontos no restante do dia.
Hoje começo a caminhar. Decidi pela caminhada pois estou sem grana pra pagar a academia. A minha festa foi presente de amigos e todo mundo ajudou um pouco, mas mesmo assim agente acaba gastando....
Então chega de desculpa pra malhar, vou caminhar e se chuver pq o tempo aqui tá meio louco eu ligo meu DVD e ponho Shakira e danço com ela!

Obrigada pelo carinho de todas!

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Parabéns pra mim!!!!!!!!!




Viva eu, viva tu, viva o rabo do tatu!!
Depois de uma semana em quase tudo deu errado um domingo maravilhoso.
Hoje é meu aníversario e ontem fiz um churrasco aqui em casa. Foi muito bom!!
Sim, confesso jaquei até..... mas foi só ontem. Nem comi muito mas tomei muita cerveja.

Foi tão bom pereceber que no meio de tanta confusão, tanta tristez eu tenho tantas amigas e amigas maravilhosas.Minhas amigas mais que amadas!

Nada como se cercar de pessoas do bem pra se sentir feliz.
Não me preocupei se estava gorda ou magra, só me sentia uma pessoa querida.
Como é bom "desencanar" de vez em quando.

Luciana e Vivi

Estava realmente precisando relaxar. Regarregara as baterias.


E de quebra ainda ganhei um monte de presentinhos!!!
Hoje ainda vou comemorar, vou sair com meu filhote.
Mas a partir de amanhã retomo minha rotina de RA.
Estou a procura de uma atividade física prazerosa. E vou testar algumas academias.

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

A montanha russa

Uma amiga blogueira me escreveu e disse uma frase assim:" A vida é uma roda gigante", e ela tem razão. Apesar que a minha está mais pra montanha russa.
Não sei realmente aonde foi que me perdi tanto. As vezes acho que fui largando uma coisa aqui e outra ali, esquecendo de lembrar que eu tinha uma vida e enfim, estou aonde estou.
Não quero me tornar a chata mais chorona da internet. Mas realmente minha via está uma verdadeira montanha russa de emoções.
Não consigo encontrar a paz. Tenho rezado muito, pedido a Deus que me ilumine. Tenho fé que vai passar, mas que ele tenha piedade dessa filha dele que ela tá no bagaço.
Graças a Deus parece que o aperto que dei no meu filho está fazendo efeito. Ele está colocando todos os cadernos em dia e tem feito tudo direitinho. Uma benção.
A tarde fui comprar uma roupa pra mim, olhei em várias lojas. Achei tudo um absurdo de caro e nada que ficava legal pra quem está acima do peso. Dai lembrei de uma loja que vende ponta de estoque bem barata. Uma loja bem feia mais que eles vendem todo tipo de roupa, algumas com alguns defeitinhos. Com o preço de um vestido em uma loja convencional da minha cidade comprei 4 e ainda deu pra compra uma blusa. Como meu guarda roupa estava a zero me permiti esse presente.
Segunda-feira é meu aniversário e eu tinha programado um churrasco pra domingo. Convidei uns amigos. Porém hoje uma coisa deu errado e eu desmoronei! Desatei a chorar e pra ser honesta estou prestes a cancelar tudo. Minha vontade é de dormir, dormir e dormir!
Hoje comi muito pouco, coisas sáudaveis mas muito pouco. Meu único deslize foi um Guaraná Antártica, comi tão pouco que nem atingi meus pontos diários. Nem vou conseguir comer, estou triste, muito triste e se comer passarei mal.
A vantagem disso tudo é que não estou compensando tristeza com comida.
Acho que é uma fase, um luto que tenho que viver. Estou passando por uma perda muito grande e toda perda por mais positiva que ela seja em nossas vidas tem sua dor.
Quero agradecer o carinho de todas e dizer que nem sempre sou essa chatice chorona. Como diria Tony Garrido: " ...vai passar, cedo ou tarde vai passar..."

Fui "AMADRINHADA" e digo a vocês que estou feliz de ter sido escolhida por ela, acho que teremos muito a nos ajudar! Obrigado dindinha " Drica e escolhi uma afilhada muito especial a Kel pra paparicar e apoiar na nossa jornada!

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Ser mãe é?????

A cada dia é uma luta contra a depressão. Hoje acordei meio baixo astral.
Mas tomei um banho e fui a luta.
Estou comendo direito, tinha que diminuir um pouco os pontos por causa da atividade física mas acho que é melhor assim pra me recuperar da gripe.
Estou muito chateada com meus filhos.
Puxa parece que eles não querem nada da vida. Será que sou eu que não estou agindo certo?
Será que meus esforços e minha dedicação estão atrapalhando?
Puxa procura dar o melhor de mim, mostrar a importãncia das coisas e nada.
O mais velho está péssimo na escola, mentiu, mentiu e mentiu.
Confesso que estou com raiva, muita raiva dele. Meu Deus eu odeio mentira!!!!
Ele já foi reprovado o ano passado e pelo jeito vai ser de novo.
O pior foi ouvir de um professor: "ele é muito mal criado!" . PQP, mal criado? Isso ele não é. Faço o melhor que posso. Nunca tive problemas na escola. Se ele faz falta de educação é por conta própria. Esse não é o exemplo que dei!
Hoje ia mandar um currículo pro Boticário pra ver se arruma trabalho lá, morro de vontade de trabalhar lá. Mas como? Se comigo aqui eles já não fazem nada.
Estou protelando uma decisão em grande parte por causa deles e ai? Será que vale a pena? Será que ser mãe é isso mesmo? Fico pensando quando eu vou poder ter uma vida. Pois só vivo a vida deles.
Como toda mãe temo pelo futuro deles, quero o melhor.
Me descupem estou muito chateada e confusa.
Vou rezar muito e pedir a Deus e Nossa Senhora que é nossa mãe pra me ajudar.
Que ela me de a sabedoria pra lidar com a situação.

terça-feira, 2 de setembro de 2008

Mudança de estratégia

Amigas amadas,

Quero em 1º lugar dizer que a minha vida não é um mar de rosas mas também não é um "inferno"!
Sou uma guerreira sim como todos aqueles que acordam todo dia e tentam viver da melhor maneira possível.
Eu tive (e continuo tendo) muita coisa boa na vida.
Já viajei muito, namorei mais ainda, amei, amei e fui muito amada.
Tenho dois filho delícias, enfim como todo mundo nossas vidas tem altos e baixos.

Em 2º lugar decidi fazer a dieta dos pontos ao invés da dieta das notas. Acho a dieta dos pontos mais fácil pra mim e se enquadra melhor no meu dia a dia. A Revista Sáude tem um site sobre a dieta dos pontos ótimo, tem uma tabela interativa, calculadora e super dicas. Ele tem facilitado minha RA. Uma das coisas que estou dando prioridade é comer mais frutas e verduras pois minha alimentação é muito fraca nesses aspectos.
Estou usando meus conhecimentos em milhares de dietas feitas e incluindo os pontos fortes dentro da dieta dos pontos.
Ainda estou com dor de garganta e ouvido. Estou tomando remédios, tem um que serve até de lanche rsrs de tão grande! Espero estar melhor amanhã.
Estou tomando bastante água e se melhorar da dor vou dar uma caminhada de leve hoje. Mas assim que estiver completamente recuperada vou pra academia.
Estou tomando um chá que vem do Paraguay pra auxiliar, ele tem o gosto e o cheiro horrível e olha que eu adoro chá! E vou tentar comprar o chá branco além dos outros que já uso pra poder variar.

Uma recomendação: assisti ontem o musical Across the Universe simplismente lindo! Nada mais do que lindo e emocionante. Sem palavras, chorei um monte ( não é de tristeza, sou emotiva bobona mesmo)!
Vale a pena ver!
Beijos